Férias em Portugal: as férias de verão de que todos precisamos são no Alentejo. E estamos todos a precisar bastante!

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos! | Costa Vicentina
Costa Vicentina

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos!

Ai, férias! Aquelas benditas, merecidas e tão desejadas… Começa a cheirar a verão e o desejo de um bom descanso é proporcional à vontade de largar tudo e ir, sem olhar para trás. 🙂 Especialmente numa altura em que andamos ainda a perceber como funciona a realidade e o tal do “novo normal”. O que quer que seja que isso signifique.

Ora então, e se eu disser férias e Alentejo na mesma frase? Ou: férias e Costa Vicentina? Apetece ir já, não é? Este é, dos destinos de férias em Portugal com praia, aquele que mais apela ao meu coração! 

As viagens para fora de Portugal e para fora da Europa sofreram uma quebra e a maioria dos portugueses voltará a apostar, provavelmente, em sítios para passar férias em Portugal, ao invés de seguir rumo a paragens mais distantes ou exóticas.

E que bonito é o nosso Portugal, não acham?

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos são na Costa Vicentina

Como qualquer outro destino, também a costa Vicentina pode ser visitada mais do que uma vez, dezenas de vezes até!, e ainda assim encontrar sempre novos tesouros e segredos.

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos! | Piscina Zmar
Piscina do Zmar, Zambujeira do Mar

Sugiro que tirem duas semanas, no mínimo, mas se tiverem menos tempo, vão na mesma. Não se vão arrepender! Os dias de verão são solarengos e propícios a praia, piscina, passeios e muito descanso. Aproveitem para fazer alguns trilhos pedestres ou uns passeios de bicicleta. 

Ah, para quem, como eu, gosta de ir registando a experiência e guardar algumas memórias (atenção!, vivê-las é mais importante do que registá-las!), sugiro que façam um Diário de Viagem, podem usar um como este da Mr. Wonderful! 😍

Onde ficar na Costa Vicentina

Uma forma porreira de percorrer a Costa Vicentina é de carro ou de autocaravana, dentro dos locais de paragem disponíveis, pode dizer-se que param e dormem onde querem. Para alugar com descontos até 20%, vejam aqui!

Outra opção que também fica mais em conta é procurar os parques de campismo ou os hostels, se bem que, sem reserva, pode ser difícil arranjar onde ficar. 

A opção que sugiro passa por ficar em locais mais centrais, neste caso, Grândola e Zambujeira do Mar, e partirem de carro e/ou de bicicleta à descoberta dos tesouros e segredos que a costa tem para oferecer.

Vila Center, Grândola

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos! | Villa Center, Grândola
Villa Center, Grândola

Se começarem de norte para o sul da Costa Vicentina, têm de ir experimentar o Villa Center, em Grândola! O local é lindo, a decoração é um equilíbrio entre elegância e tradição, está localizado no centro da vila e abriu portas este mês, o que se pode pedir mais? 
Tróia fica a apenas 46 kms da Villa Center e a Comporta a 30 kms. 

Com alojamento em Grândola, podem facilmente deslocar-se pela costa, entre Tróia e Sines. 

Monte Soalheiro, Zambujeira do Mar

Tem piscina ao ar livre, vista do canal e o jardim da propriedade tem oliveiras centenárias. São 7 quartos com casa de banho privativa, sala de jantar e sala de estar com lareira. 

No Monte Soalheiro, os hóspedes podem visitar o centro da vila piscatória de Zambujeira do Mar, situada a 8 kms, e saborear as especialidades de peixe e marisco servidas nos restaurantes locais. O aluguer de bicicletas está disponível na propriedade. 

Aproveitando a localização, entre Vila Nova de Mil Fontes e Aljezur, podem usufuir das praias, das vilas e da comida maravilhosa!

Estas são apenas algumas sugestões, para escolherem a que melhor se adapta aos vossos gostos e orçamento, o Booking tem muitas opções disponíveis!

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos! O que visitar na Costa Vicentina

Costa Vicentina, à descoberta de sítios bonitos!
Costa Vicentina, à descoberta de sítios bonitos!

Experimentem os restaurantes regionais

No Altentejo elas(es) não brincam com a comida, é tudo delicioso, de comer e chorar por mais. Por isso, mesmo que façam umas férias mais low cost, reservem uma pequena parte do vosso orçamento para ir a pelo menos um desses restaurantes na costa e deliciem-se com um peixinho fresco grelhado (estou a babar só de pensar!) ou então, para quem gosta (que não é o meu caso :p ), com uma mariscada. 

A sugestão recai sobre o Restaurante/ Marisqueira Costa Alentejana, na Zambujeiro do Mar, que tem peixe e marisco, tudo fresco e tudo maravilhoso. Mas o que nunca vos faltará são opções de boa comida e bebida ao longo do vosso percurso pela Costa Vicentina.

Vista sobre Zambujeira do Mar, Photo de Restaurante/Marisqueira Costa Alentejana
Vista sobre Zambujeira do Mar, Photo de Restaurante/Marisqueira Costa Alentejana

Trilhos pedestres e percursos de bicicleta

Há muito para conhecer ao longo da Costa Vicentina, já para não falar no Alentejo no seu todo. 

A Rota Vicentina é uma associação privada sem fins lucrativos que disponibiliza actividades, trilhos e percursos a quem quer percorrer a costa alentejana  (ou apenas parte dela, vá!) em caminhadas ou de bicicleta. 

Se quiserem ser membros e colaborar neste projecto podem fazê-lo aqui

 

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos!
Não se esqueçam de tirar algum tempo para relaxar!


Soulmia Dresses

Praia da Comporta

Lado prático: fica no extremo sul da Península de Tróia, tem bons acessos e espaço de estacionamento. 

Lado menos prático mas não menos importante: é um espaço bem preservado e lindo, no limite da Reserva Natural do Estuário do Sado, óptimo para estender a toalha e gozar uns bons banhos de sol e de mar.

Praia do Carvalhal


Soulmia Swimwear

Tem acesso através de uma estrada de terra batida e é bastante concorrida durante o verão. O areal até é espaçoso mas não é extenso, circundado por falésias altas. Eu não faço surf, mas pelo que percebi, é muito procurada para esta prática desportiva.

Praia da Galé

Um dos segredos mais mal guardados da conta alentejana será a maravilhosa Praia da Galé! Aparenta ter entrada apenas através do Parque de Campismo, mas há um caminho paralelo ao parque que dá acesso directo à praia. Sejam corajosos e guardem algumas energias para o regresso, que a subida é a pique!

O areal é extenso e esta é uma daquelas praias onde vale mesmo a pena passar o dia.

Praia de São Torpes

Conhecida como uma das praias com a água mais quente de Portugal, a praia de São Torpes fica ao lado da Central Termoeléctrica de Sines (é daí que vem o calor!).

Esta está longe de ser a praia mais bonita que irão encontrar ao longo da costa, mas o mar é geralmente sereno e convida a banhos. 

Porto Covo

Como diria o Malato “Já fui muito feliz em Porto Covo!”. É uma vila típica da região, de casas caiadas e gentes de sorriso aberto. Passar aqui duas semanas seria a coisa mais fácil, porque o ambiente é tão convidativo que apetece só praticar a arte de “estar”. Façam uma visita às praias circundantes, como a Praia Grande, a Praia Pequena, a Praia do Banho e a Praia do Espingardeiro.

Há visitas à Ilha do Pessegueiro (a fazer lembrar a melodia de Rui Veloso “havia um pessegueiro na ilha…”), mas são por marcação. Se não tiverem disponibilidade, aproveitem a vista de cá para lá, que também é encantadora.

Praia do Almograve

Outro paraíso na terra e ideal para quem procura um bom spot para estar tranquilamente em contacto com a natureza e apreciar a biodiversidade que esta praia proporciona aos seus visitantes.


Mens Fashion and Styles

Situada a cerca de meio Km de Almograve, o areal é pouco profundo e extenso, na maré baixa formam-se muitas vezes piscinas naturais temporárias e, na maré cheia, o mar pode ficar agitado.

Farol do Cabo Sardão

Este é o ponto mais ocidental da Costa Vicentina. Mais uma vez: de uma beleza estonteante e de uma vista daquelas de cortar a respiração. Cuidado, já que é um local de escarpes íngremes e onde o mar é impiedoso! O Cabo Sardão é o local onde as cegonhas nidificam e aqui impera a lei da natureza que todos devemos respeitar. 

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos! | Farol do Cabo Sardão
Farol do Cabo Sardão

“Junto à falésia, pode admirar os veios cravados nas paredes rochosas, as ilhotas semeadas aqui e ali ao longo da costa, os muitos casais de cegonha-branca que só aqui, e apenas nesta costa, escolheram o seu local de nidificação. No resto da Europa poderá encontrá-las, mas mais para o interior. Entre as aves típicas desta região, e se estiver atento, verá também falcões-peregrinos, gralhas-de-bico-vermelho e mais raramente francelhos.”

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

São mais de 100 kms ao longo da costa, vai de Porto Covo ao Burgau (Algarve) e aqui encontra flora e fauna autóctone e única. As escarpas são de uma angularidade e coloração espectactular, resultado da corrosão que, ao longo do tempo as fi desenhando.

Praia de Odeceixe

Eleita uma das 7 maravilhas, na categoria de Praias de Arriba, esta praia faz jus a esta distinção. Já dentro do Algarve, mas ainda a saber a Costa Vicentina, até pode ser movimentada, mas nada comparado com outras praias algarvias.

Férias no Alentejo: as férias de verão de que todos precisamos! | Pôr-do-sol em Odeceixe
Pôr-do-sol em Odeceixe

De fácil acesso, é possível obter uma panorâmica cá de cima da falésia, logo à chegada. O dia passa a correr e o pôr-do-sol por aqui é daqueles momentos que nos fazem esquecer o resto do mundo.

Se este destino não vos fascina, o que acham de Aguiar da Beira ou, para quem quer sair do país, de Punta Umbría, no sul de Espanha?

   
Boas férias!!!

a-ana

   

Também pode gostar de: