Londres: o que visitar, o que fazer e onde ficar? 

Londres tem um carisma indiscutível. Além de ser uma cidade antiquíssima, cheia de história, há bairros que nos conquistam pela beleza ou simplesmente pela energia vibrante que emanam. Damos-lhe algumas dicas sobre Londres: o que fazer e onde ficar.

Esta é uma das cidades mais agitadas do mundo, há sempre alguma coisa para fazer ou algum sítio giro para visitar! Estive em Londres, pela primeira vez, em 2009 e regressei em 2018 porque é daquelas cidades que merecem mais do que uma visita. Espero poder voltar em breve, para experimentar tudo o que não fiz nas viagens anteriores.

Londres: o que fazer e onde ficar | Metro de Londres
Metro de Londres

   

O que é preciso para viajar para Londres?

Por estes dias, há que ter em atenção 2 factos muito importantes antes de viajar para qualquer zona do Reino Unido: o Brexit e a situação pandémica, por isso:


– Informem-se sobre a situação do Brexit e sobre quais os requisitos de entrada no país. 

– Não se esqueçam de preencher o Passenger Locator Form online antes de chegar ao Reino Unido. O envio do formulário é gratuito. 

– Sigam à risca as indicações governamentais para não correrem o risco de vos recusarem o embarque ou, ainda pior, chegarem lá e terem de voltar para trás sem chegar a pisar solo inglês.

– Informem-se sobre a situação da Covid-19 

– E preparem-se para a possibilidade de ficarem de quarentena à chegada

   

Sobre o Reino Unido

O Reino Unido é uma monarquia constitucional e uma democracia parlamentar em que o Executivo governa o país em nome da Rainha, que exerce as funções de Chefe de Estado.

O Parlamento, cuja legislatura é de 5 anos, é composto por uma Câmara dos Comuns eleita e uma Câmara dos Lordes nomeada e hereditária, competindo-lhe designadamente legislar e apreciar as políticas definidas pelo Governo. A Câmara eleita é constituída por 650 assentos parlamentares, cuja maioria (relativa) é atualmente detida pelo Partido Conservador.

O sistema de partidos tem colocado no Governo o partido mais votado nas eleições e nas bancadas da oposição dita “oficial” o segundo partido mais votado. O país está dividido em distritos, cada um dos quais elege um representante para a Câmara eleita do Parlamento.


Soulmia Seasonal Clearance

Como o sistema eleitoral assenta na votação por maioria simples, é o candidato mais votado que é eleito, o que explica a estrutura bipartidária em que aquele tem tradicionalmente assentado. Uma combinação de county e district councils é responsável por grande parte da administração local, embora tenham já surgido autoridades unitárias nas grandes cidades, como Londres (Greater London Authority), com a eleição de Mayors.

Desde o estabelecimento em 1999 do Parlamento Escocês e das Assembleias Nacionais de Gales e da Irlanda do Norte que aquelas regiões passaram a ter responsabilidades, embora variáveis, de governo autónomo, nomeadamente em matéria legislativa.

A religião oficial do país é a Anglicana (Protestante), sendo a Rainha a chefe da igreja Anglicana.

A língua oficial é o Inglês e a moeda é a Libra Esterlina (Sterling Pound).

O clima é errático, dependendo da altura em que viajarem, pode estar calor, chuva ou neve, mas o clima é considerado temperado, com temperaturas a chegar aos 0º entre Novembro e Fevereiro. 

Fonte: Portal das Comunidades Portuguesas

   

Londres: o que fazer e onde ficar

Em Londres não e fácil encontrar uma estadia que boa qualidade que seja a um preço acessível (corrijam-me se estiver enganada!). 

Londres: o que fazer e onde ficar | Astor Hyde Park
Astor Hyde Park Hostel

Para quem tem um orçamento limitado, como eu tinha da primeira vez que fui, o Astor Hyde Park Hostel é uma óptima opção. Localizado a poucos metros do Hyde Park, numa zona muito… hmmm… refinada e elegante!, com acesso razoável a transportes públicos (vá, têm de andar um bocadinho a pé, mas vale a pena!), é um sítio com boas vibrações e cheio de british joy!

Se preferirem um hotel ou se quiserem uma opção que seja mais perto de uma estação de metro, basta espreitar no Booking, não falta por onde escolher!

Então, chegámos a Londres: o que fazer e onde ficar? Sugiro que comprem um Visitor Oyster Card London, que vai facilitar a vossa vida no acesso aos transportes. É um smart card, fácil e rápido no pagamento de viagens de metro, autocarro e comboio.


Com as malas no hotel (ou no hostel!) e já de cartão em punho, vamos lá visitar alguns sítios giros: uns mais turísticos do que outros, mas todos incontornáveis!


   

   

CAMDEN TOWN

Londres: o que fazer e onde ficar | Camden Town
Camden Town


Num ambiente muito punk rock alternativo, Camden Town será um bairro único no mundo, aqui respira-se música e muita personalidade! O Camden Market, situado em Camden Town, começou como uma pequena feira de artes e artesanato em Dingwalls.Inicialmente era temporário e abria apenas aos domingos, contudo a sua popularidade cresceu e este é actualmente o maior mercado de Londres, aberto 7 dias por semana.

   

CYBERDOG

A loja fica em Camden Town, tem 3 andares e aqui encontram uma mistura irreverente de roupas rave e moda de festival, não faltam os néon UV brilhantes,  o streetwear e os estilos mais arrojados. Ah, e há DJ’s e bailarinos ao vivo! 
Confesso que foge muito ao meu género musical, mas ainda é uma experiência muito imersiva num universo completamente alucinante.

   

HYDE PARK

Depois da loucura de Camden Town, façam uma pausa, nestes jardins reais e relaxem num passeio à beira do Serpetine Lake.Por aqui encontram, além de um gigantesco espaço verde, estátuas, monumentos e fontes.

   

PALÁCIO DE BUCKINGHAM

Londres: o que fazer e onde ficar | Buckingham Palace
Buckingham Palace

Dos locais mais turísticos e clichê de quem visita Londres: a residência da Rainha Isabel II. É gigante! Tem 775 divisões, entre os quais 19 salas de Estado, 52 quartos reais e de hóspedes, 188 quartos para funcionários, 92 escritórios e 78 casas de banho.

Dito isto, o mais giro é mesmo ver o render da guarda e pronto, ver a introspeção e concentração dos guardas no meio de todo aquele aparato.

No Instagram, a família real partilha, volta e meia, algumas receitas: 

Traditional Christmas Pudding

Victoria Sponge Cake

Fruit Scones 

– Spiced Easter Biscuits 

   

HARRODS

Londres: o que fazer e onde ficar | Armazéns Harrods
Músico à entrada do Harrods

Para os/as amantes de moda, o Harrods é tipo um paraíso na terra, os nomes mais sonantes da indústria da moda estão aqui representados, muitas vezes com peças que nem têm preços à vista.

A primeira vez que visitei peguei num casaco muito giro e já estava a pensar “Ai, vai-me ficar mesmo bem!” quando vi o preço (sei que era mais de 20 ou 25 mil libras) quase perdi a força nas pernas! 🙂

   


BIG BEN

Em 2018 estava em obras e estava coberto de andaimes! :pÉ o relógio mais conhecido do mundo e não há quem não reconheça este símbolo do Reino Unido.

O Big Ben e o Palácio de Westminster (parlamento do Reino Unido) ficam mesmo à beira do Thames e da Ponte de Westminster.

   

MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL

Londres: o que fazer e onde ficar | Museu de História Natural
Museu de História Natural de Londres

A entrada é livre e, não só é um edifício lindíssimo, como tem em exposição tudo e mais alguma coisa: rochas, espécimes históricos (incluindo 23 milhões de espécimes armazenados em álcool), fósseis, dinossauros, representações de habitats, a evolução humana, and so on, and so on

   

HAMLEYS

A criança dentro de cada um de nós vai delirar dentro da Hamleys, uma loja de brinquedos que nasceu em 1760. A loja em Londres fica na Regent Street, London e é uma das mais icónicas do mundo.


   

LONDON DUNGEON

É uma experiência de teatro interactivo muito divertida para quem vai com a mente aberta a novas experiências e a um formato de storytelling muito original!

Londres: o que fazer e onde ficar | London Dungeon
London Dungeon

A visita ao London Dungeon é um percurso por cenário imersivos com narrativas muito excitantes, que percorrem 1.000 anos de história, com efeitos especiais e cenários em 360º. Eu diria que é impróprio para cardíacos, mas depende da vossa sensibilidade ao susto! 😉

   

TOWER BRIDGE 

A Tower Bridge tem uma longa história, foi construída no final do século XIX e é mais um marco da cidade londrina.

Londres: o que fazer e onde ficar | Tower Bridge
Vista para a Tower Bridge

Estive ali perto, mas não visitei a ponte, em vez disso, achei por ali um restaurante japonês muito simpático e fiquei a aproveitar a vista para a ponte enquanto degustava um maravilhoso almoço.


Soulmia New Arrivals

   


   

Há milhares de outras coisas para fazer e visitar: monumentos, palácios, mercados, bairros, teatros e vida noturna! Tanta coisa que meia dúzia de dias não chegam para tudo.

Fica aqui um gostinho de algumas coisas que visitei e experienciei e que acredito que possam enriquecer a vossa viagem a esta cidade!

Preferem outros destinos? Então espreitem AQUI 🙂

   

a-ana

   

Também pode gostar de: